“Ela questionou-te”, de Vladimír Holan [1905-1980] trad. Bruno M. Silva

Ela questionou-te: O que é a poesia?
Tu querias dizer-lhe: tu também és, ah sim, tu és,
e, entre medo e assombro,
que provam o milagre,
invejo a tua beleza maturada,
e como não te posso beijar nem dormir contigo,
e como não tenho nada e quem não tem nada para dar deve cantar…

Mas não disseste nada, ficaste calado,
e ela não ouviu a canção.


[in Advancing, 1964]
Advertisement

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s